Qual a importância e quais atividades de um embriologista na reprodução humana?

portal_biomédico
Clique e Compartilhe
  • 77
    Shares

No que se refere ao Biomédico Embriologista, cabe a ele, investigar os diversos aspectos da fertilidade, bem como a sua deficiência. Eles executam serviços rotineiros de procedimentos diagnósticos e terapêuticos embriológicas, como a fertilização in vitro (FIV), em hospitais e clínicas, comunicam-se com os pacientes sobre as opções de tratamento específicas sobre soluções de infertilidade, fertilidade e pesquisa com outros médicos, aconselhamento, enfermagem e pessoal administrativo.

Embriologistas clínicos precisam de uma compreensão teórica e prática da biologia reprodutiva humana, embriologia, infertilidade e tecnologia de reprodução assistida . Eles também precisam manter-se atualizado com as normas vigentes e legislação envolvendo esses temas. A embriologia é um campo de rápido desenvolvimento que tem visto um crescimento enorme nos últimos 20 anos.

As atividades relacionadas a esta especialidade incluem:

  • determinar os níveis de fertilidade dos indivíduos;
  • a coleta de óvulos e espermatozoides (gametas) de pacientes para processamento; (atividade restrita a médicos)
  • mantendo a viabilidade de gametas e embriões, tecidos durante o processamento;
  • micromanipulação e teste de adequação de cada gameta;
  • preparação de gametas e do meio ambiente para a FIV e facilitação de fertilização;
  • utilizando tecnologias de reprodução assistida (ART) para ajudar com infertilidade;
  • preservação de gametas e embriões para uso futuro;
  • cultura de embriões e criopreservação;
  • monitoramento do desenvolvimento embrionário;
  • Ø seleção de embriões para transferência para as mulheres beneficiárias, de pesquisa ou outro uso pretendido e a implantação de embriões em órgãos reprodutivos;
  • monitoramento e manutenção cryobanks;
  • manter uma compreensão da biologia reprodutiva humana, embriologia, infertilidade e arte;
  • ter conhecimento e cumprimento de controle de qualidade, questões éticas e regulamentos em torno de gametas e manipulação de embriões;
  • cuidados e manutenção de equipamentos;
  • manutenção de registos.

Cabe aos embriologistas – médicos, biólogos, biomédicos – iniciar a cultura dos óvulos e espermatozoides para a fertilização, e entregar o cateter ao médico para a fecundação do embrião. As oportunidades de trabalho incluem, além das clínicas de reprodução humana e bancos de sêmen, as instituições de pesquisa no ramo da biologia, veterinária e genética.

Se você se interessa por esta incrível área da reprodução humana, faça um dos cursos de Fertilização In Vitro da EmbrioLógica. O curso acontece nos dias 08, 09 e 10 de dezembro!

Whatsapp (11) 98928-2421  

Página do Curso: http://embriologica.com.br/presenciais/

Local: Local : Hotel Tryp Paulista – São Paulo (INSCRIÇÕES PRORROGADAS)

Portal_biomédico

Apoio: Portal Biomédico

 

 

 

4 (80%) 1 vote
  • 77
    Shares

Graduando em Biomedicina, formado em jornalismo, web designer, empreendedor, autodidata, administrador página Portal Biomédico no Facebook e o blog Portal.

Veja também:

CONTATO